Zimp fecha parceria com Weibo para fomentar e-commerce no Brasil e China

Avatar

O Zimp, programa de fidelidade transparente que atua em favor do consumidor e do lojista, fechou uma parceria global com o Weibo, maior rede social da China, e a YouXing, representante da Weibo no Brasil. O escopo desta parceria é o desenvolvimento do e-commerce nos dois países, permitindo tanto o acesso de marcas brasileiras ao mercado chinês quanto o de marcas chinesas ao Brasil.

A operação será realizada em duas frentes:

– A plataforma do Zimp poderá operar no mercado chinês por meio do Weibo. Desta forma, marcas brasileiras parceiras do Zimp poderão fechar vendas para clientes chineses

– Marcas chinesas de e-commerce passarão a operar na plataforma do Zimp, obtendo assim acesso ao mercado brasileiro

– Tanto no Brasil como na China, as compras poderão ser feitas com pontos Zimp

A parceria entre Zimp e Weibo foi possível graças à atuação da YouXing, empresa especializada no desenvolvimento de projetos de parceria entre empresas chinesas e brasileiras. A YouXing recebeu do Weibo a missão de encontrar parceiros brasileiros para projetos bilaterais de e-commerce, e definiu pelo Zimp quando a plataforma ainda estava em desenvolvimento.

“O Weibo ficou impressionado com a capacidade técnica da nossa equipe, e viu no Zimp o parceiro ideal para desenvolver o mercado de fidelidade na China, que hoje ainda é pequeno perto do seu potencial”, afirma Julia Canalini, CEO do Zimp.

Crescimento rápido
A parceria reforça o rápido crescimento da startup, que superou suas projeções já na primeira semana. “Acreditamos que o modelo de pontuação que construímos, transparente e simples para o consumidor e o lojista, permitirá ampliar o mercado brasileiro de fidelidade, que hoje atinge apenas 15% dos consumidores brasileiros”, declarou Julia.

A proposta do Zimp é totalmente diferente. Com pontos que não expiram e cada ponto valendo um real, ela traz vantagens ao consumidor e ao lojista. Para o consumidor, o valor de seu ponto é transparente, não há prazo para resgate e o processo é simples, tornando a experiência do uso próxima a do dinheiro.

Já para o lojista o programa oferece baixo risco, uma vez que é baseado em performance: não existem custos indiretos como taxa de adesão, mensalidade, licença ou taxa de instalação, não tem o risco do seu investimento ser perdido com expiração e só paga os pontos quando efetua a venda. Isto significa que o Zimp só ganha se o lojista ganhar.

O Zimp foi fundada pelos empreendedores Julia Canalini (CEO), Sérgio Keller (CMO), Luan Muniz Teixeira (CTO) e Manoel Damasceno. Julia tem experiência com business development em empresas como iMusica, Samba Tech, Conspiração Filmes e foi sócia da consultoria Venta. Sérgio já passou por empresas como a agência Frog e a Giesecke & Devrient, pioneira na produção, fabricação e processamento de cédulas, documentos de segurança e sistemas de identificação. Luan já atuou como developer em empresas como Trii, Dizain, Extraball e Scalable Path. Manoel foi diretor executivo Brasil da Sinomach Internacional, empresa chinesa manufatura listada na Fortune 500, e é sócio da iFly Skydiving Indoor.

Em sua chegada ao mercado, o Zimp já permite acumular pontos nos principais e-commerces brasileiros. Basta que o cliente se cadastre no site http://zimp.me e se conecte ao e-commerce por meio deste site. A partir daí, as compras realizadas no parceiro contam para pontuação no Zimp. O resgate dos pontos também é feito diretamente pelo site. A rede de parceiros já está crescendo e o próximo passo é também atender as lojas físicas.

In the news
Carregar Mais