Vela Show é o primeiro evento exclusivo de negócios, lazer e informações sobre vela náutica no país

Avatar
Feira, exposição, palestras e workshops do mundo da vela atraem ações de marketing esportivo para atrair marcas a Itajaí

O Brasil terá o primeiro evento totalmente dedicado à vela náutica, aos amantes das competições de vela, aos que velejam por lazer e aos interessados na indústria da navegação a vela. Organizado pela Cardoso Almeida Eventos, a Vela Show acontece de 19 a 21 e abril de 2019 em Itajaí, Santa Catarina.

Um dos principais espaços  para eventos da região, o Centreventos Governador Luiz Henrique da Silveira, abrigará as atrações da Vela Show. Haverá exposição de produtos e serviços voltados para esse setor, palestras, workshops, encontros entre esportistas, profissionais do setor da navegação e empreendedores. Outro público aguardado é o formado por pessoas que decidiram adotar o veleiro como moradia.

A Vela Show é o  primeiro acontecimento após a Lei Estadual que decretou a cidade de Itajaí como a Capital da Construção Naval e do Turismo Náutico. “Planejamos um evento focado nos apaixonados por barcos a vela. O mercado brasileiro sempre deu espaço apenas a promoção de lanchas, iates, surf ou grandes embarcações. Faltava uma feira com exposição de barcos, produtos, serviços e informações específicas sobre o segmento da vela”, destaca Edilberto Cardoso de Almeida, diretor da Cardoso Almeida Eventos. A vela é um esporte que une lazer, saúde, incentiva a sustentabilidade e atrai também famílias, ressalta.  

Publicitário navegador – Além de novidades dos principais construtores de barcos, a Vela Show terá palestras de representantes do setor reconhecidos internacionalmente. Entre os palestrantes confirmados estão Vilfredo Schurmann, escritor, e membro da família que passou  20 anos de aventuras no mar, além de personalidades recentes que largaram tudo para viver no mar: o publicitário Beto Toledo e a designer de moda Thais Cañadó; o escritor e velejador Beto Pandiani e o diretor de cinema Adriano Plotzki e a mulher Aline Sena.

Capital brasileira da vela – “Acreditamos que a Vela Show vai ajudar a consolidar Itajaí como a cidade nacional da vela. Temos aeroporto, o único porto do Sul que recebe transatlânticos, estamos  próximos de Curitiba e de Florianópolis. Dispomos das melhores condições para abrigar velejadores, turistas e interessados em negócios da vela”, afirma Evandro Neiva, secretário de Turismo de Itajaí. “Queremos expandir a marca Itajaí associada ao turismo de lazer e negócios náuticos”, destaca.

Segundo Neiva, o turismo vem crescendo 10% ao ano em Itajaí e a cidade está se transformando de vocação portuária para atividades de lazer. Nos últimos anos o município tem se preparando para abrigar novos eventos, a rede hoteleira foi duplicada para mais de cinco mil leitos e os hotéis familiares estão cada vez mais profissionalizados. Itajaí é a única parada da competição Volvo Ocean Race na América Latina, evento internacional  que atraiu mais de 400 mil pessoas no ano passado e gerou mais de R$ 80 milhões para a economia da região.

Crescimento mundial – Relatório da Grand View Research com sede nos Estados Unidos, mostra que o mercado global de barcos de lazer alcançou US$ 37 bilhões em 2017. A empresa de pesquisas fornece dados para a área acadêmica e para empresas da Fortune 500. De acordo com a Grand View, espera-se uma expansão de 4,3% nesse segmento até 2025. O crescimento do setor de turismo e o aumento da renda nas economias emergentes, como Brasil e China, alimentam as perspectivas otimistas. Além disso, há crescentes avanços em tecnologias de navegação projetados para impulsionar o crescimento do mercado nos próximos anos. 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais