TW completa 10 anos e anuncia novo posicionamento

Agência cria metodologia do Endoculture, que fortalece marcas como Itaú, Mapfre e Claro

A TW, especializada na tangibilização de cultura de marcas, completa 10 anos e anuncia seu novo posicionamento. Além de criar e executar ações relacionadas à comunicação corporativa, endomarketing, endobranding e live marketing, é pioneira em Endoculture, uma metodologia criada pela agência que integra diversos momentos da construção do legado cultural das marcas.

“Cada marca é constituída de uma cultura corporativa e seus atributos quase que necessariamente permeiam por entre seus produtos e serviços. O fato é que, nos dias de hoje, é muito importante que os stakeholders percebam congruência no que a empresa evidentemente entrega, com o que ela realmente acredita e pratica. A metodologia do Endoculture integra desde a definição das crenças e valores da marca até a entrega de seus produtos e serviços, garantindo que estes atributos sejam percebidos e verdadeiros em toda a cadeia de desenvolvimento, em especial, para as pessoas que nela participam”, explica o CEO da TeamWorker, Rogério Pinheiro.

A estratégia, que já conquistou grandes nomes, como Itaú Unibanco, Mapfre, Votorantim, ESPN, BRF, AES, Citibank, Claro, Net, Totvs, entre outras, parte do tratamento das demandas das marcas em sete pilares, que determinam o nível de maturidade e aderência entre discurso e prática de seus atributos culturais. Entre eles estão a descentralização, que estimula menos ‘hierarquia’ e mais ‘pessoas’; o encantamento; a representatividade no quadro de funcionários e parceiros e a responsabilidade social compartilhada.

Na prática

Como resultado, a TeamWorker tem no portfólio campanhas como a “Somos gente que entende gente”, do Itaú, voltada para o público de atendimento ao cliente do banco, que começou em setembro e já impactou quase 40 mil pessoas, entre o público da Central e os colaboradores da rede social do banco.

“Os próprios colaboradores são os protagonistas neste case, pois eles são o primeiro contato com o cliente do banco, são quem entende a ‘dor’ de cada pessoa e auxilia. Fizemos a campanha com uso de fotos dos colaboradores, depoimentos, histórias e elogios reais de clientes a eles. O resultado foi muito expressivo. Os colaboradores ficaram encantados com o reconhecimento, tanto do banco com eles, como dos clientes que enviaram elogios para os times, e, voluntariamente, levaram a campanha para suas redes sociais, onde despertaram ainda mais o orgulho de pertencer a empresa. Sucesso!”, comemora Caê Barbosa, VP de Atendimento da TW.

Outro exemplo, foi o trabalho de endoculture desenvolvido para a Youse. “A TW foi acionada e iniciamos um trablho para entender como a marca era vista pelos atendentes, pelos clientes, entender o que era comunicação e o que era realidade, onde esses pontos se tocavam e onde havia espaço para trabalharmos. Fizemos diversas reuniões de imersão, com atendentes e com clientes. Usamos o IDEATORS, metodologia exclusiva do grupo TW, e que mais uma vez não falhou”, lembra o diretor criativo Mateus Oazem. “Ao apresentarmos os resultados para área de marketing, atendimento e cultura foi como se tivéssemos desnudado completamente a empresa – ação por ação. Criamos um roadmap de ações corporativas para fortalecer a cultura e entregamos um manual com todos os valores, sua importância e seus comportamentos”, complementa.

“Com a Youse encontramos uma oportunidade de fazer o que amamos: ser parte da cultura corporativa, conseguir olhar aquela lista de valores e missões e transformar em ações da rotina de todos”, enfatiza Rogério Pinheiro.

Mulheres pelo Coração, uma campanha voltada para a área da saúde criada para a Fundación Mapfre; uma pesquisa de engajamento criada para a Suzano – Papel e Celulose, com audiência de 93%; a Campanha IR Instituto Votorantim, de arrecadação de doação de um percentual do IR para causas sociais, que atinge todas as empresas do grupo, também estão entre os cases de endoculture liderados pela TeamWorker.

Democrático

Além do briefing do cliente e das pesquisas pertinentes, os oito passos do checklist de Endoculture determinam o índice de eficiência e eficácia que se deve constituir em cada atividade de comunicação, potencializando toda a estratégia de valor. “O Endoculture é totalmente democrático. A comunicação é dirigida à particularidade de cada marca, independentemente, inclusive, do seu tamanho. É possível entender a necessidade e até mesmo descobrir a viabilidade de comunicar com o que a marca já tem em seu ecossistema, possibilitando economia e uma entrega eficaz. O resultado não precisa ser necessariamente uma campanha, pode ser uma estratégia. O importante é que a entrega seja efetiva e atinja ou supere os resultados esperados”, explica Pinheiro.

A TW já é considerada uma das melhores agências de endomarketing, endobranding e comunicação do país. Seu perfil multidisciplinar de estratégia, design e experiências já ajudou a construir mais de 20 marcas fortes, com a fidelização de grandes nomes, como o Itaú, presente na carteira da agência desde seu primeiro ano de atividades. Outros detalhes: www.teamworker.com.br

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

In the news
Carregar Mais