The Aubergine Panda reafirma compromisso de sempre manter 50% de mulheres nas áreas criativas da agência e recebe selo 5050/2020 da More Grls

O compromisso 5050/2020 visa a entrega de resultados mais inovadores e o fim da desigualdade de gêneros na indústria da comunicação no Brasil

A The Aubergine Panda já tem mulheres na liderança em 85% das áreas da agência, além de ter mais da metade de mulheres no departamento de criação. E isso acontece desde 2011, pouco depois que a agência foi fundada.

A empresa reafirma esse compromisso e acaba de receber o selo da More Grls como agência que tem o compromisso de manter sempre, no mínimo, metade do time de criativas mulheres.

As mulheres são as grandes decisoras de compra de bens de consumo diário, segundo o Consumer Survey de 2018, mas as propagandas em sua maioria, são criadas por homens que, muitas vezes, não conseguem criar a identificação que elas merecem. A maioria delas não se sente representada na propaganda, apesar de formar 85% do poder de compra, segundo o próprio More Grls. E a explicação é simples: existem menos de 20% de mulheres na criação das agências.

O MORE GRLS pretende se tornar o maior mapa de talentos femininos nas áreas de publicidade, design e conteúdo para que todos possam conhecer e valorizar as criativas que, apesar de tudo, estão no mercado hoje. E a Panda assume publicamente esse compromisso. “Na verdade, já temos esse compromisso em todas as áreas e não poderia ser diferente na criação. Hoje temos diretora de criação mulher, diretora de mídia mulher, diretora de novos negócios mulher e assim desejamos manter o scope of work”, afirma Leticia Galvão Bueno, fundadora da Panda.

Ter mulheres na criação faz a diferença porque potencializa as campanhas com insights de um target que sempre teve grande relevância. O ponto de vista e a abordagem mais diversos vão além do fato das mulheres não se sentirem representadas pela publicidade, o equilíbrio dentro dos times ajuda a dar força à comunicação, minimizar crises e direcionar as campanhas para qualquer target.

Mais alguns dados:

– Mulheres já são maioria com ensino superior no país (Segundo indicadores sociais das mulheres no Brasil, pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísica;

– Mulheres já são maioria no mundo do empreendedorismo, segundo dados do estudo Global Entrepreneurship Monitor 2016, realizado pelo Sebrae;

Para isso, é preciso que as mulheres cadastradas o site da More Girls, tenham melhores oportunidades, sejam lembradas por jornalistas e organizadores de júri e principalmente clientes – que, sem dúvida, são grandes aceleradores desse processo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais