Rodrigo Bonissato – Como fazer endomarketing em tempos de home office

Avatar

Por Rodrigo Bonissato

Um dos principais segredos para o sucesso de uma empresa é investir em seu capital humano. Afinal, são as pessoas que conseguem bater metas e alcançar resultados positivos para fazer a empresa crescer. Dessa forma, tanto é importante atrair, como reter talentos e uma das principais ferramentas para trabalhar a valorização e bem-estar do funcionário é investir no marketing interno, alinhando estas ações com a cultura da empresa.

Por isso, todas as grandes empresas investem em endomarketing. Um exemplo disso é Oracle, um dos nossos principais clientes, na Intramark, agência de endomarketing e eventos, que faz parte do Grupo ECI. Tradicionalmente, a Oracle investe em programas de valorização e reconhecimento de seus funcionários, seja com treinamentos, ações de engajamento ou premiações. Não é à toa que, em 2019, pelo 13º ano consecutivo, a Oracle figurou entre os vencedores do prêmio “As Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil” (GPTW).

Mas em tempos de quarentena, todo mundo precisou se reinventar para continuar investindo em ações de endomarketing com seus funcionários. Com o home office, as reuniões por videoconferência tomaram conta das empresas. Além disso, nunca antes na história desse país se fez tantas lives. A tecnologia, nesse ponto, tem sido a grande aliada para manter pessoas conectadas, mesmo que fisicamente distantes.

No entanto, é preciso ir além e pensar também em ações físicas, para chegar até o funcionário. Desta forma, premiações, mimos e presentes de aniversário que, anteriormente, eram entregues no escritório, precisam encontrar outros caminhos. É como diz o ditado, se Maomé não vai à montanha… Ou seja, se a residência do funcionário se tornou uma extensão do escritório, precisa ser natural que as ações de marketing interno também sejam incluídas neste pacote.

O desafio é encontrar caminhos alternativos também para os eventos que promoviam o encontro físico de funcionários em ações como provas de corrida, datas comemorativas como dia das mães, dos pais e das crianças. Em parte, utilizamos a tecnologia e em parte a presença física para que as ações continuem.

O endomarketing nos mostra que é possível continuar a transformar os valores e a maneira com que as pessoas se relacionam dentro e fora da empresa. Esse posicionamento também melhora não só o bem-estar do colaborador, mas também o impacto que a organização gera na sociedade.

Sobre Rodrigo Bonissato

Rodrigo Bonissato é formado em publicidade, com MBA em marketing pela FVG. É diretor executivo da Intramark, agência do Grupo ECI (Empresas de Comunicação Integrada)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais