Rio de Janeiro receberá Museu do Futebol durante a Copa

Avatar

Após temporada em Recife, onde foi vista por mais de 16 mil pessoas, mostra itinerante patrocinada pela Motorola chegará ao CCBB-RJ em 13 de junho

O Museu do Futebol, instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, vai desembarcar no Rio de Janeiro. Depois do sucesso de público em Recife, a exposição itinerante “Museu do Futebol na Área”, patrocinada pela Motorola por meio da Lei Rouanet e com apoio da tecnologia em projeção da Epson, levará à capital fluminense a experiência que já foi vista por mais de 3 milhões de pessoas em São Paulo. A mostra ficará em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) entre 13 de junho e 30 de julho deste ano, com entrada gratuita.

O projeto integra a celebração do décimo aniversário de fundação do Museu do Futebol, um dos três equipamentos da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo que estão entre os dez melhores do Brasil segundo ranking do site “TripAdvisor”. A exposição já havia percorrido cidades paulistas entre 2015 e 2017, período em que recebeu mais de 70 mil visitantes, e neste ano vai passar por quatro capitais brasileiras.

Em Recife, primeira parada desse roteiro, mais de 16 mil pessoas viram a exposição no Centro Cultural Cais do Sertão. Agora, a exposição “Museu do Futebol na Área” chega ao Rio de Janeiro, sede de duas decisões de Mundiais (1950 e 2014).

São oito módulos na exposição: seis deles reproduzem conteúdos da mostra principal do Museu do Futebol e dois foram elaborados exclusivamente para o projeto. Integrantes do time que desenvolveu o museu, como os cenógrafos Daniela Thomas e Felipe Tassara, o designer Jair de Souza e o artista multimídia Tadeu Jungle, participaram da concepção da mostra itinerante.

A exposição Museu do Futebol na Área tem patrocínio da Motorola, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, e apoio da Epson, que desde a inauguração no Pacaembu concede sua tecnologia para projeção das imagens, e da Urso Filmes. No Rio de Janeiro, tem o apoio do Centro Cultural Banco do Brasil e como parceiro de mídia, a Rádio Globo.

O Museu do Futebol é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, concebido pela Fundação Roberto Marinho. O IDBrasil Cultura, Educação e Esporte é a Organização Social responsável pela sua gestão.

A exposição “Museu do Futebol na Área”
A mostra “Museu do Futebol na Área” aborda o esporte como parte da história e da memória de cada brasileiro. Para isso, alguns ambientes contam com informações sobre o futebol vivido em cada cidade da itinerância. A Sala das Origens, por exemplo, tem um vídeo e cerca de 80 imagens do período em que o esporte chegou ao Brasil e se profissionalizou, entre o final do século XIX e as primeiras décadas do século XX.

Já a Sala Números e Curiosidades, composta por placas ilustradas por frases famosas, regras e recordes do esporte, recebe nessa edição do projeto uma vitrine especial com camisas históricas de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, além da camisa da seleção brasileira. Ídolos dos clubes, bem como frases de personalidades da literatura e música, estarão representados na exposição a partir das suas relações com o futebol.

A Sala das Copas do Mundo reconta todos os mundiais, de 1930 ao fatídico 7 a 1 sofrido pela seleção brasileira em 2014. Tal como ocorre na sede do museu, a história dos mundiais entrelaça-se ao contexto político e cultural de cada período.

A Sala dos Gols e do Rádio relembra dezenas de gols e locuções que marcaram época. Interativa, o visitante escolhe o narrador ou o radialista e assiste a vídeos presentes nas salas de mesmo nome no Museu do Futebol.

A exposição ainda conta com uma instalação chamada Versus, criada especialmente para esse projeto pelo artista multimídia Tadeu Jungle. A experiência consiste em acompanhar uma partida inteira somente observando os torcedores, acompanhando reações e capturando a emoção contida em um jogo.

Em “Museu do Futebol na Área”, o público também terá a chance de experimentar algumas das atrações interativas propostas pelo museu, como mesas de futebol de botão e totó (pebolim).

O conteúdo interativo na exposição
A interação dos visitantes com a exposição será reforçada pelos Moto Snaps, tecnologia exclusiva da Motorola, que permite transformar os smartphones da família Moto Z naquilo que você mais precisa, como uma câmera 360 graus, um projetor ou alto-falante.

Quem visitar a mostra poderá usar o smartphone, por exemplo, para registrar a experiência com o Moto Snap 360 Camera e baixar sua imagem no site do Museu do Futebol. Além disso, poderá experimentar o Moto Snap Gamepad, um módulo que transforma o smartphone em um console portátil com joystick completo. A tecnologia será oferecida ao público pelos educadores da exposição, responsáveis também por visitas monitoradas de grupos previamente agendados.

“O futebol é uma paixão nacional e expressão da nossa cultura. Acreditamos que por ser democrático ele tem o poder de conectar as pessoas. Por isso, estamos muito felizes em poder levar essa exposição itinerante a outros lugares do Brasil, principalmente por estar em cidades que fazem parte da nossa plataforma de marca #hellocidades”, disse Bruno Couto, head de Marketing da Motorola.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais