Renase fecha 1º semestre com crescimento em vários setores

Avatar

Chegada de novos clientes e aumento na demanda por produção de eventos são responsáveis por números em ascensão

Os seis primeiros meses de 2018 foram de boas notícias e números em pleno crescimento para a Renase Eventos, Viagens e Incentivo. A empresa, com 28 anos de atuação, organiza, no Brasil e no exterior, viagens de incentivo, reuniões, congressos, convenções, conferências, treinamentos, simpósios, lançamentos de produtos, workshops, stands e eventos especiais para seus clientes.

A Renase registrou crescimento em vários de seus setores. Com o aumento na sua carteira de clientes com mais 14 empresas, neste primeiro semestre de 2018 passou a contar com Tetra Pak, Mindray, Hermes Pardini, MicroStrategy, Pernod Ricard, Repom, entre outros, a empresa precisou também ampliar sua equipe, aumentando em 60% o número de colaboradores.

“Além da mão-de-obra qualificada que tivemos que contratar para suprir a chegada dessas novas contas, somam-se a eles outros colaboradores com grande expertise em produção que se juntaram a nós graças ao também aumento na demanda por montagem de estandes”, explica Rodrigo Stocco, diretor da empresa.

O crescimento a que Rodrigo se refere é outro dado positivo anunciado recentemente pela empresa: o aumento de 15% na demanda por montagem de estandes em eventos nos últimos 12 meses, serviço que é uma especialidade da Renase desde 2011.

O número de eventos produzidos também chama a atenção e está sendo comemorado pela empresa. “Tivemos um crescimento de 28% na quantidade de eventos realizados este ano em comparação ao mesmo período do ano passado e esperamos que, até o fim do ano, possamos fechar com mais boas notícias. Para o segundo semestre já temos cinco eventos internacionais programados: dois que serão realizados na Colômbia, um na Argentina, um no Peru e um na Alemanha” afirma Stocco.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais
%d blogueiros gostam disto: