PME obtém 30% de retorno nas vendas com marketing assertivo

Avatar

Pesquisa levantada pela PremiaPão, rede de franquias de propaganda em saco de pão, revelou o sucesso das ações no desenvolvimento dos negócios

Com o mercado altamente competitivo, destacar-se em meio a ele é sinônimo de lucratividade. Por isso, muitas empresas – não só as grandes, mas também as pequenas – investem em ações para disseminar o nome de sua marca no mercado, e assim, fazer com que ela seja cada vez mais conhecida e se torne referência e principalmente, a preferência do consumidor.

Do ponto de vista profissional, além de visualizar melhor as oportunidades de crescimento, com o marketing certo, as empresas podem planejar ações de comunicação de fato eficientes.

Raphael Mattos, diretor da PremiaPão (www.premiapao.com.br) e graduado administração com ênfase em marketing, explica: “Quando se tem um grande potencial de marketing e uma equipe especializada é mais prático construir uma marca. Dessa forma, muitas empresas consolidam a imagem e se tornam reconhecidas e respeitadas em todo o mundo”. O jovem ainda explica que a principal vantagem para a empresa que possui uma marca forte é o atalho que isso cria na hora da venda – uma marca desconhecida encontra muitas barreiras e desconfiança na mente de quem compra, já a que é lembrada, gera o oposto desse comportamento.

A PremiaPão é especialista no assunto e utiliza a propaganda em saco de pão para cumprir a meta de criar uma relação de afetividade entre a empresa e seu cliente.

Somando forças

A PremiaPão não só promove, como também utiliza em seu dia a dia ferramentas de marketing para divulgar o seu negócio. “Utilizamos bastante as redes sociais e indicamos que os nossos franqueados também as utilizem. Aliás, oferecemos um treinamento especial direcionado para isso. Temos ainda um canal com as padarias (trade marketing), onde promovemos ações publicitárias que fortalecem a imagem da empresa aos olhos dos consumidores. Mas o nosso marketing de diferenciação é a premiação, que é oferecida mensalmente ao consumidor final do pão. Fora isso, deixamos a rede totalmente à vontade para realizar as ações que julgue mais pertinente para a região de atuação. Essa somatória de forças traz ainda mais visibilidade para todos”, explica o diretor.

Wellington Simões, 31 anos, dirige uma unidade em Aracati (CE). Além de seguir a orientação da franqueadora, ele busca divulgar os trabalhos de sua unidade na rádio local. “O serviço é novo aqui na cidade (oito meses), então muitas pessoas não entendiam como funcionava. A rádio foi fundamental pra fazer com que quando se escute a marca PremiaPão já se saiba que é o saquinho premiado. Consegui fechar vários negócios com empresários que escutaram o anúncio porque quando eu chegava no comércio para lhes apresentar nossa mídia, eles já a conheciam”, explicou.

Além das redes sociais e divulgação na rádio, Simões utiliza como estratégia: adesivos em carro, brindes e patrocínios. Ele conta que as atividades de fato ajudam a fortalecer seus negócios. “Tanto que hoje já tenho bons resultados por aqui – consegui vários clientes. A propaganda é a alma do negócio! De nada adianta você ter o melhor produto e serviço se o público não tiver conhecimento dele. Mas é importante que essa ‘propaganda’ seja usada de maneira coerente, sem perder o objetivo primordial que é a venda. As campanhas devem chamar a atenção, ser estratégica e voltada para o público alvo. Por isso, realizar essa ações com a orientação de profissionais qualificados para dar direcionamento faz toda a diferença”, finalizou.
Mídia alternativa

No caso da empresa que transforma sacolas de pães normais em veículos de comunicação, o serviço ocorre de duas formas: exclusiva ou compartilhada. A primeira, como o próprio nome sugere, tem todo o espaço exclusivo para a divulgação da marca. Já a segunda, tem o espaço dividido com outras – o que otimiza ainda mais o investimento.

Com foco no público PME – Pequenas e Médias Empresas, em uma só tiragem, os anúncios atingem cerca de 30 mil lares, impactando aproximadamente 120 mil pessoas. Os sacos (ecologicamente corretos) são distribuídos gratuitamente nas padarias da região – redução de custos que promove uma aceitação muito grande pelas panificadoras. E obviamente, seguindo o próximo passo, entram na casa dos brasileiros.

Os trabalhos se encaixam na necessidade do cliente conforme as campanhas desenvolvidas – que geralmente são feitas de forma local. “E os resultados são de alto impacto, já que além de conquistar mais clientes, propaga sua marca na região de atuação”, informa Mattos.

Relativamente nova no mercado (fundada em 2015), a PremiaPão já conquistou cases de diversos segmentos de atuação – desde academias à franquias de estudos – que provam a eficácia e o potencial de um trabalho de marketing para suas empresas. “O investimento é calculado com base na quantidade de módulos que foram vendidos. O retorno obtido vem por meio dos clientes e interessados que entram em contato ou que vão até o local, movidos pelo anúncio veiculado. A última pesquisa realizada pela PremiaPão, apontou que os nossos clientes obtiveram mais de 30% de retorno com a mídia no saquinho”, relevou Raphael.

In the news
Carregar Mais