Outubro marca o recomeço para Holding Clube

Avatar

Os setores de entretenimento e eventos foram uns dos primeiros a serem impactados pela pandemia, e provavelmente estarão entre os últimos a retomar suas atividades como era antes da Covid-19. Diante desse cenário, repensar os negócios deixou de ser uma opção, virou uma questão de sobrevivência para as empresas do segmento.


A Holding Clube, que há 30 anos desenvolve ações e campanhas para fomentar o relacionamento entre pessoas e marcas, acelerou alguns movimentos importantes, que vão desde a mudança gestão até o desenvolvimento de novos serviços. O grupo decidiu remodelar seu posicionamento mercadológico apostando, principalmente, na tecnologia para promover campanhas inovadoras, eventos corporativos e conteúdos de entretenimento.


“Esse ano está sendo de superação e muito aprendizado. Nos adaptamos, reinventamos e escolhemos outubro para anunciar todos os aprendizados e as novidades. Para nós, será o Outubro Verde. Verde de esperança que marca a largada dos novos projetos para 2021”, comenta Juliana Ferraz, diretora de Novos Negócios da Holding Clube.


Só em outubro, a Holding Clube assina 9 projetos corporativos para marcas como Coca-Cola, Sulamerica, Vivo e Condé Nast. Além disso, o grupo promoverá quatro grandes projetos proprietários. Um é o Nº1-X, primeiro projeto digital da marca Nº1, responsável também pelo Camarote N°1 e Réveillon N°1. Na sequência, acontecerá o Extra Life, experiência interativa com gamers.


O consagrado Festival Path foi repaginado para o ambiente online e trará as principais tendências em inovação e criatividade. E, para fechar o mês, a segunda edição do All In at Home terá dois dias de conteúdo para debater como as novas tecnologias estão impactando os negócios, o comportamento social e, principalmente, a indústria do entretenimento.


“A missão da Holding Clube é prover a melhor experiência possível entre as marcas e seus públicos de interesse. Para isso, buscamos o que há de mais criativo, disruptivo e tecnológico mundo a fora e internalizamos tudo isso para oferecermos um one stop shop criativo para o mercado. O objetivo é entregar resultados que superarem as expectativas dos nossos clientes, independentemente do porte da empresa ou tamanho do projeto”, pontua Marcio Esher, diretor de operações da Holding Clube.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais