Nike e Vivo transformam recordes de corridas em créditos de internet móvel

Avatar

Iniciativa reforça posicionamento da Vivo no mercado de mobile advertising

Corredores agora têm mais um motivo para treinar com dedicação, graças ao projeto digital “Quebre Seus Limites”, iniciativa inédita lançada pela Nike, em parceria com a Wieden+Kennedy São Paulo e executada pela R/GA, como parte de sua estratégia para os Jogos do Rio.

A ideia é simples: quem correr e bater seus recordes pessoais com o uso do aplicativo Nike+ Running poderá receber créditos de celular pré-pago para navegar na internet móvel e compartilhar seus resultados em redes sociais, inspirando sua comunidade a correr também. Toda a mecânica e o regulamento do projeto podem ser encontrados em Nike.com, na página www.nike.com/potencialsemlimites. O projeto beneficia qualquer usuário de celular pré-pago do Brasil.

A iniciativa “Quebre Seus Limites” é um projeto da Nike, com o apoio da Vivo, desenhado pela equipe de especialistas e da plataforma de publicidade móvel da operadora, a Vivo Ads.

“Para nós é uma honra trabalhar com a Nike em um projeto que se encaixa perfeitamente na proposta de valor que a Vivo Ads traz para o mercado, que é a geração de valor para anunciante e clientes. No caso do “Quebre Seus Limites”, o cliente ganha bônus para navegar na internet móvel e pode compartilhar seu desempenho com amigos, estimulando mais pessoas a vencerem seus limites”, afirma Ricardo Sanfelice, vice-presidente de Estratégia Digital e Inovação da Vivo.

A operadora está comprometida em tornar o celular um veículo de mídia ainda mais relevante e, para isso, lançou, em maio, a Vivo Ads, com inovadores formatos de mídia para campanhas de vídeo, geração de leads, instalação de aplicativos, geolocalização e dados patrocinados. A Vivo é pioneira nos “Data Rewards” (Internet Grátis), em que marcas oferecem internet grátis aos clientes que interagirem com filmes publicitários. O formato já foi usado por anunciantes como Unilever e Universal Pictures e outras marcas estão em negociação com a Vivo para explorar o potencial do celular como veículo de mídia.

In the news
Carregar Mais