Loto paga a tarifa de ônibus de todos os nicaraguenses por um dia para promover sua nova versão eletrônica

Avatar

Criada pela CCCP-McCann, a campanha permitiu que 1/6 da população total do país experimentasse o que é ser tocado pela sorte

Que sorte pegar um ônibus e descobrir que naquele dia o custo da passagem já está pago, não? “Viagem sortuda” (Lucky Ride), a campanha criada pela CCCP-McCann para promover a versão eletrônica da Loto, alcançou mais de 1 milhão de nicaraguenses ao oferecer a eles a oportunidade de ter seu trajeto de ônibus pago pelo anunciante.

A campanha visava tratar de dois grandes desafios: como oferecer a maior quantidade de pessoas possível a sensação de terem tido sorte, e ao mesmo tempo superar a desconfiança dos nicaraguenses quanto a versão eletrônica do tradicional sistema de apostas da Loto, motivando-as a migrar para essa nova modalidade?

A resposta foi uma campanha de mídia não tradicional que conseguiu amplificar a iniciativa através do boca-a-boca e cobertura da imprensa, multiplicando o investimento inicial em 10 vezes e alcançando metade da população do país (3 milhões de pessoas), através das mídias sociais, resultando na venda de mais de 20 mil bilhetes eletrônicos da Loto num só dia, e 600 mil no passado um mês da ação.

In the news
Carregar Mais