Inventora inova no setor de beleza com “Caneta Esmalte”

Avatar

Produto é fácil de se transportado e usado em situações emergenciais

Descobrir-se com a unha lascada ou precisando mesmo de um esmalte no meio do dia é um inconveniente para muita gente. A inventora Maria de Fátima Oliveira, afiliada à Associação Nacional dos Inventores (ANI), em busca de soluções práticas criou a “caneta esmalte”, que visa ampliar da caneta e dar mais comodidade àqueles que prezam estar com o visual impecável.

A “caneta esmalte” traz em seu corpo além da tinta o esmalte, além do respectivo pincel de unhas. Tanto o cosmético quanto a caneta contarão com refil – solução que visa promover o consumo consciente dos consumidores e a economia de embalagens descartáveis.

O público-alvo de Maria de Fátima são empresas que produzem canetas, empresas de cosméticos, salões de beleza, fábricas de brindes e os usuários finais de esmaltes.

“Além da notória utilidade de ter uma caneta sempre disponível, ela ganha em versatilidade ao permitir o retoque emergencial das unhas e a pintura em viagens, reuniões ou situações inesperadas”, analisa Maria de Fátima.

A “caneta esmalte” já está registrada por Maria de Fátima junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). A inventora busca investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento, bem como por formação de sociedade.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado.

In the news
Carregar Mais