Inovação na forma de ajudar

Avatar

É difícil para qualquer pessoa escrever algo que cumpra a missão de incentivar ou motivar os inúmeros profissionais do mercado de Live Marketing quando se identifica que nosso setor esta sangrando a cada dia, estamos na UTI para  tentar estancar as hemorragias causadas pelas decisões de burocratas que se isolam em seus home offices e não se incomodam com a situação desesperadora dos que vivem e sustentam suas famílias trabalhando em eventos.

É preciso esclarecer para muitos que o mercado de eventos não se limita a juntar pessoas, existem inúmeras variações de eventos dentro deste mercado, existem inúmeros serviços periféricos que determinam o sucesso de um evento.

No meio disso tudo existem pessoas que necessitam trabalhar para levar o sustento para suas famílias com dignidade, estas pessoas estão impossibilitadas de realizar as atividades para qual estudaram e aprenderam a executar. Aqui não se trata de reivindicar a volta dos eventos, sabemos que não é correto juntar pessoas para qualquer tipo de atividade neste momento de pandemia, quando milhares de pessoas já perderam suas vidas.

 Em relação aos eventos estamos de mãos atadas, nada pode ser realizado nesta fase, desde um simples aniversário, uma convenção ou jogo de futebol, esta responsabilidade todos nós entendemos. Agora cabe saber o que pode ser feito para que milhares de pessoas que vivem desta profissão consigam se manter até tudo passar e voltar ao seu dia a dia.

Movimentos como manifestações, passeatas ou protestos são legítimos, isso pode sensibilizar algumas pessoas que detém o poder da caneta para que algo seja feito. Mas é pouco provável e se acontecer atenderá uma pequena faixa dos profissionais.

Neste momento é que acredito na criatividade dos profissionais de Live Marketing, na união das agências e clientes para gerarem um fundo solidário e garantir o sustento dos profissionais que tanto contribuem para o sucesso das marcas.

Várias campanhas promocionais de cunho social já deveriam ter sido criadas e cedidas sem custo para os grandes players do mercado como Ambev, Unilever, Nestlé, Volkswagen, Toyota, Natura, Pfizer e centenas de outras empresas que usam o Live Marketing em suas estratégias. Dar a chance das empresas com governança contribuírem e se beneficiarem ajudando a minimizar o desespero de inúmeras pessoas é fundamental.

Imaginem uma campanha do tipo “Compre X produtos e parte da receita vai para o fundo de apoio aos profissionais de eventos” ou a criação da cerveja “Eventos” que destina parte da receita para ajudar estes profissionais.  Este tipo de mecânica não é nenhuma novidade, mas todos sabemos que dá resultado de fato, vivemos disso e sabemos como fazer. 

Só realizar uma campanha voltada para milhares de profissionais autônomos já garante o sucesso das vendas apenas com a participação e engajamento nas redes sociais dos próprios beneficiados. 

A AMPRO- Associação de Marketing Promocional como entidade representante das agências de Live Marketing pode encabeçar esta iniciativa, eles tem os contatos com as agências e recursos de network para que isso aconteça, a ABA – Associação Brasileira de Anunciante, que tem parceria com a Ampro, também pode ajudar nesta campanha convidando seus associados a participarem de um movimento Nacional em beneficio dos profissionais que primeiro sentiram os efeitos da pandemia e serão os ultimas a voltarem a trabalhar.

Tenho certeza absoluta que juntando os competentes criativos das agências com os profissionais de marketing e vendas dos anunciantes, teríamos no mínimo uma tentativa de transformar este momento de agonia em uma maravilhosa campanha de solidariedade e apoio aos profissionais de eventos.

É necessário atitude e ousadia para que todos tenham a certeza de que fizeram algo para nossos produtores, diretores artísticos, técnicos, e todos demais profissionais.

Inovação cabe em qualquer setor, inovar também pode ser encontrar um jeito de ajudar.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais