Influenciadoras digitais compartilham suas experiências sobre viajar sozinhas

Projeto ‘Viajando Sozinha’, organizado pelo buscador momondo, entrevistou 7 mulheres de diferentes perfis

Quase 20% das brasileiras preferem viajar sozinhas a viajar com companhia*, e este tema tem sido abordado por cada vez mais influenciadoras digitais. Sete destas influenciadoras participam do projeto ‘Viajando sozinha’, em que compartilham as suas experiências com viagens solitárias em entrevistas organizadas pelo buscador de voos, diárias de hotéis e aluguel de carros momondo. Elas são as criadoras de conteúdo Amanda Noventa, Natalie Soares, Manuela Hollos e Laura Martins, dos blogs Amanda Viaja, SundayCooks, When in Rio e Cadeira Voadora, respectivamente; a escritora Gaía Passarelli, autora do livro ‘Mas você vai sozinha?’; e as jornalistas Emily Canto Nunes e Marina Azaredo, que compartilham informações sobre viagens e lifestyle no Instagram.

Além de valorizar a produção de conteúdo sobre o tema, a página visa inspirar outras mulheres que desejam seguir o mesmo caminho, e embarcar em viagens solitárias. Cada influenciadora abordou um estilo de viagem diferente – Globetrotter, Aventura, Foodie, Viagens Sustentáveis, Turismo Acessível, Lifestyle e Família (sobre a relação entre viagens solitárias e familiares). As entrevistas, que entraram no ar nesta semana, estão disponíveis no endereço https://www.momondo.com.br/content/viajando-sozinha. O conteúdo deve ser distribuído através das redes sociais do buscador momondo, e a página também sugere dicas de destinos e informações sobre organização de viagens.

Liberdade e planejamento

As mulheres entrevistadas pelo projeto possuem uma característica em comum: viajam como forma de realizar o desejo por liberdade e autoconhecimento. “Quando viajamos com outras pessoas, precisamos negociar o tempo todo. Sozinhas, só gerenciamos a nossa vontade e ganhamos liberdade”, conta Laura, que viaja o mundo junto com sua cadeira de rodas. “Quando viajamos, saímos da nossa rotina, expandimos o nosso olhar, e nos abrimos para oportunidades e sensações, para experimentar coisas que às vezes são muito diferentes do nosso dia a dia”, complementa Natalie.

Já as dicas para mulheres que ainda não viajam sozinhas, mas gostariam, são duas: curtir a própria companhia e planejar a sua viagem. “Meu conselho para quem está começando é primeiro fazer coisas sozinha na sua própria cidade, depois ir para uma cidade próxima. É preciso saber se curtir, se divertir sozinha”, recomenda Amanda. Já a orientação de Gaía é “pesquisar muito sobre os lugares e fazer seguro viagem sempre”. Emily destaca que estar só é estar muito bem acompanhada: “você ainda é a sua melhor companhia! Estreite esse laço.”
 

*De acordo com dados de 2017 do Ministério do Turismo, disponíveis em: http://www.brasil.gov.br/noticias/turismo/2017/03/pesquisa-aponta-que-17-8-das-mulheres-brasileiras-preferem-viajar-sozinhas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais