Grupo Segurador Banco do Brasil e MAPFRE patrocina projetos de transformação social na infância e adolescência

Avatar

A Vocação e o Projeto Arrastão já atenderam mais de 3.100 crianças em São Paulo

O GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE acredita na transformação social por meio das artes e da cultura e, por isso, apoia projetos voltados para a infância e adolescência, a exemplo do Juventude#Consciente desenvolvido pela Vocação.

O projeto envolve 13 organizações da sociedade civil em São Paulo e mais de 2.524 crianças foram impactadas por ações socioeducativas sobre cidadania e consciência de consumo, além de atividades que estimulam a criatividade e a comunicação crítica e experiências culturais e artísticas.

“O Projeto engaja os envolvidos no conceito da cidadania planetária. Através de diferentes experimentações culturais e artísticas, educomunicação e práticas de empreendedorismo social, as crianças e adolescentes realizaram articulações no território com a comunidade para incremento e disseminação de práticas relacionadas ao consumo consciente e utilização responsável dos recursos naturais. Queremos que as ações sejam fonte de inspiração e de engajamento socioambiental”, comenta Milton Santos, da Vocação.

Outra instituição apoiada pelo GRUPO é o Projeto Arrastão, que somente este ano capacitará 420 crianças e adolescentes moradores da região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, com oficinas de empreendedorismo, inovação, criação e tecnologia.

O objetivo principal do projeto é desenvolver as habilidades dos participantes, capacitando-os a resolver problemas e encontrar soluções socioambientais para suas realidades, com isso são oferecidas ações voltadas para a educação, geração de renda e cultura, entre outros.

Durante o projeto, o aluno ainda desenvolve sua capacidade de empatia em relação ao cenário em que está inserido e as condições sociais que o rodeiam.

“Para o GRUPO, é fundamental o apoio para crianças e adolescentes. Vemos possibilidades reais de mudar uma realidade local e principalmente em uma época tão importante da vida como a infância e juventude quando eles ainda passam pela formulação do caráter, de prioridades, pensar no que desejam ser no futuro e seu papel na sociedade. Por isso, para nós, o estímulo a projetos como estes, que estimulam até mesmo o empreendedorismo social de interesse coletivo, podem fazer verdadeiras transformações na vida de muitas pessoas”, afirma Fátima Lima, diretora de Marketing e Sustentabilidade do GRUPO.

“Nossa prática comprova que este processo educativo estimula crianças, adolescentes e jovens a criarem competências no uso de ferramentas tecnológicas, na gestão de projetos empreendedores, no trabalho em equipe e em inovação na criação de soluções de impacto social. E, os resultados impactam a vida pessoal, a carreira profissional e os negócios criados por alguns deles. E, por sua vez as famílias, as comunidades locais e a própria cidade se desenvolvem de forma mais sustentável”, afirma Henrique Heder, Coordenador do Núcleo de Empreendedorismo e Inovação do Projeto Arrastão.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais