Estratégia de marketing da Ingresso.com consolida o negócio de promocodes de cinema

Avatar

A distribuição de códigos para usar na Ingresso.com virou parte da estratégia de recompensas de diversas marcas

O negócio mais recente e inovador do portfólio de soluções da Ingresso.com se solidificou em 2018. O promocode de cinema fez parte das estratégias de marketing de empresas de diferentes segmentos nos últimos meses. Campanhas de sucesso com marcas como Panasonic, Sony, Kibon, M Dias Branco, Pizza Hut, Paypal, entre outras, deram códigos de cinema a milhares de consumidores este ano. O negócio trazido para o Brasil pela Ingresso.com em 2017 teve um crescimento de 166% em 2018.

Com o promocode de cinema, código que pode ser disponibilizado junto ao produto ou digitalmente, é possível que as marcas ofereçam descontos ou ingressos de cinema como prêmio vinculado à plataforma da Ingresso.com. O código pode ser personalizado de acordo com as preferências do parceiro, do formato e do valor total – pode ser válido para um filme específico ou para todo o site da Ingresso.com, além de oferecer um ingresso ou mais.

A Ingresso.com está sempre de olho em maneiras de oferecer a melhor experiência para os fãs de cinema e os parceiros estratégicos deste mercado. O promocode faz parte do Programa de Recompensas da Ingresso.com, que já inclui o vale-presente digital, também voltado para clientes corporativos.

“Estamos muito felizes em poder trabalhar juntos com parceiros de diversos segmentos e potencializar ainda mais a experiência de cinema. As marcas estão vendo o potencial das campanhas de promocode da Ingresso.com para impulsionar seus negócios, atrair mais clientes e agregar valor para suas marcas ou produtos. Este tipo de mercado é muito comum nos Estados Unidos e tínhamos certeza que seria sucesso garantido no Brasil também.”, conta Mauro Gonzalez, CEO da Ingresso.com.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais