Em ação inédita, bola da final da Copinha é levada por entregador da Rappi

A Federação Paulista de Futebol fechou patrocínio para a final da Copa São Paulo Jr. 2019 com uma série de ativações inéditas. A ação mais inusitada envolveu a protagonista do jogo: a bola. Tudo estava pronto para a partida começar: os finalistas, São Paulo e Vasco, já estavam no gramado, a arbitragem posicionada, torcida na expectativa, mas faltava algo. A bola! Aí que estava a principal ativação… Um entregador da Rappi entrou no gramado chamando a atenção de todos os presentes, da transmissão e, no centro do gramado, abriu sua bag e retirou a bola, entregando para o juiz e arrancando aplausos da torcida.

Esta ativação inédita foi elaborada em conjunto pelo Departamento de Marketing da FPF com a Rappi e gerou repercussão internacional, sendo captada pelas transmissões da TV Globo, SporTV, ESPN Brasil e Rede Vida.

Mas não foi apenas isso. A startup, especialista em entregas, premiou a melhor assistência para gol da final. O craque do São Paulo, Antony, recebeu o troféu em campo.

Mais de 4 mil bonés da Rappi também foram distribuídos pela empresa para os torcedores no Pacaembu, criando uma identidade laranja na torcida. Vendedores do Pacaembu e os gandulas da final também estavam vestidos como entregadores da startup.

“Foi uma ativação que gerou uma satisfação imensa em fazer acontecer. A FPF tem trabalhado para criar novas oportunidades e propriedades para as empresas parceiras. Este foi um grande case”, afirma Robson Silveira, diretor de Marketing da FPF.

“Toda a ativação foi feita de maneira espetacular, iniciando no warm up, no sorteio dos ingressos, na ativação no campo em si. Conseguimos mostrar para quem assistia que a Rappi pode literalmente entregar de tudo e em qualquer lugar, e fica o registro do excelente trabalho e profissionalismo da FPF”, completa Fernando Vilela, Head de Marketing da Rappi.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

In the news
Carregar Mais