Dia Mundial da Criatividade acontece em 50 cidades brasileiras

Avatar

Um estudioso em cultura digital, um ilustrador de gibis da Turma da Mônica, um apresentador de canal de esportes, um refugiado sírio, uma estilista de vestidos de noiva, o que todos eles têm em um comum? A resposta é o uso da criatividade no trabalho ou no dia a dia, por isso Gil Giardelli (especialista em cultura digital), Gilberto Valdares (ilustrador), Rodrigo Rodrigues (apresentador do SportTV) e Talal Al Tanawi (empresário Sírio), Emannuelle Junqueira (estilista) serão inspiradores em São Paulo no Dia Mundial da Criatividade, evento gratuito que acontece no dia 21 de abril, e que terá programação aberta ao público em 50 cidades do Brasil e em Portugal.

Eles se juntarão a outras dezenas de inspiradores e palestrantes, que vão levar ao público suas experiências pessoais para engajar e mostrar como a criatividade pode ser a solução para problemas simples e complexos. A ideia do evento é do psicólogo e um dos maiores especialistas em economia criativa, Lucas Foster. Em 2014, Lucas que é fundador da ProjectHub e  idealizador do Prêmio Brasil Criativo, uma das principais referências em economia criativa do país, teve a ideia de comemorar a criatividade, com um evento gratuito que apresentasse a importância da inovação. “Nossa intenção desde que idealizamos o evento é democratizar e desmistificar a criatividade, encorajando as pessoas a utilizarem seu potencial criativo, buscando novas maneiras de lidar com antigas e novas questões, gerando recursos e soluções”, afirma Lucas.

A estimativa é que o evento impacte um público de mais 65 mil pessoas no Brasil, com palestras, mesas e oficinas, tendo a criatividade com enfoques variados como arte, inovação, economia, tecnologia, educação, negócios, entre outros.

Sobre Lucas Foster:

Especialista em liderança criativa e fundador da ProjectHub, a primeira rede global para empreendedores da economia criativa estabelecida no Brasil.

Único empresário brasileiro convidado pelo Massachusetts Institute of Technology para integrar a fundação do SOLVE, comunidade de líderes internacionais que estão criando soluções para problemas complexos do século, Lucas Foster liderou diversos programas e projetos de relacionamento e investimento entre empreendedores criativos, startups e grandes empresas como Google, YouTube, 3M, Banco Carrefour, BIC, BRF, Braskem e DuPont.

É idealizador do Prêmio Brasil Criativo, a premiação oficial da Economia Criativa brasileira, tendo em sua última edição o reconhecimento oficial da UNESCO. É um ativista reconhecido pela defesa da diversidade e da liberdade como estratégias para o desenvolvimento sustentável e por liderar o Dia Mundial da Criatividade desde 2014, data que passou a ser apoiada globalmente pela ONU em 2018.

Tornou-se parceiro de John Howkins, autor britânico best-seller e criador do conceito Economia Criativa, em 2013 e foi professor da Perestroika, do Istituto Europeo di Design e um dos empreendedores que trouxeram a THNK para o Brasil, a Escola de Liderança Criativa de Amsterdam, resultado da parceria entre Prefeitura de Amsterdam, McKinsey e a Stanford.


É autor de diversos artigos sobre Economia Criativa e palestrante TEDx tendo sido contratado por organizações como Banco Mundial, Banco Itaú, Campus Party, Associação Brasileira de Franchising, Sebrae, Secretaria de Estado do Turismo da Bahia, entre outros para falar de temas como a Revolução Criativa, Economia Criativa, Empreendedorismo e Criatividade. Também atua como palestrante na Casé Fala.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais