Dançar Marketing celebra 35 de projetos culturais sob medida com shows de Diana Krall e Andrea Bocelli

Avatar

Ao longo de quase quatro décadas, o nome Dançar Marketing está diretamente ligado ao surgimento e à evolução do marketing cultural no Brasil.

Com uma história pioneira, a Dançar Marketing movimenta o mercado de marketing cultural brasileiro. A agência firmou um marco importante para a democratização cultural sendo a primeira a realizar grandiosos eventos Open Air no País, entre eles “Avon Women in Concert”, ”Telefonica Open Jazz”, “Concertos de Vinólia”, sendo este o maior evento de música clássica itinerante ao ar livre já realizado no País, entre outros.

Há 35 anos a empresa reúne milhões de espectadores em seus incontáveis espetáculos, shows, projetos proprietários e sociais. Em seu portfólio estão grandes turnês internacionais de artistas icônicos como Andrea Bocelli, Sarah Brightman, George Benson, Joss Stone, Diana Krall, Norah Jones, Chris Cornell, Jeff Beck, Richie Sambora, entre outros.

A Dançar esteve sempre à frente do mercado e é considerada referência na concepção e na realização de projetos proprietários como “HSBC Music Series”, “Criação Teatral Volkswagen”, “Dupont Basic Sounds”, projetos sociais como “Viagem Nestlé pela Literatura” e “AstraZeneca Viva A Cultura!”; exposições, tal como “Riachuelo Mostra Moda” e “Samsung Rock Exhibition”; e festivais, dentre eles “Samsung e-Festival” e “Samsung Best of Blues”, que na edição de 2017 trouxe um dos maiores guitarristas do mundo, Joe Satriani.

Este ano a empresa assina os shows internacionais de Diana Krall e Andrea Bocelli, o “Samsung Best of Blues”, o “Samsung E-Festival”, entre outros. Ano passado a empresa promoveu a exposição do Nirvana, pela primeira vez fora dos Estados Unidos.

Ao longo desses anos, a Dançar transformou o modo de se fazer arte no País, aproximando grandes empresas do universo artístico. O início da empresa está ligado à revista Dançar – na época, a única publicação especializada em dança no Brasil. O empresário Pedro Bianco manteve por dez anos a publicação em circulação e, neste período, destacou-se pela realização de diversos eventos do gênero pelo País, entre eles o Festival de Dança Joinville, uma das principais referências do gênero.

“Criei a Dançar com o propósito de disseminar cultura, realizar ações exclusivas de alta qualidade ao grande público e permitir o acesso, sem fronteiras, de todas as camadas da população ao que o Brasil e o mundo produzem de melhor no cenário artístico”, comenta Bianco.

In the news
Carregar Mais