Curso na FAAP estimula jovens a refletir sobre uso das imagens nas redes sociais

Avatar

Criado pela fotógrafa Roberta Dabdab, “O Jovem Aparelhado: a fotografia na era das redes” aborda a ética e a estética visuais e estimula um olhar crítico sobre a profusão de imagens nos tempos atuais

 

A Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) promove, a partir deste mês, um curso inédito que convida jovens a refletir sobre o uso das imagens nas redes sociais. Intitulado “O Jovem Emparelhado: a fotografia na era das redes”, o programa estimula os novos agentes midiáticos – ou seja, qualquer um que tenha um smartphone e perfil em rede social – a uma visão crítica sobre a profusão imagética que inunda os meios digitais.

O curso será ministrado pela fotógrafa Roberta Dabdab, com mais de 20 anos de carreira e uma vasta produção no fotojornalismo, na publicidade e nas artes. Criadora do projeto, Roberta idealizou o projeto ao longo de pesquisas acadêmicas e uma longa experiência com trabalho visual. Observando a relação da nova geração com as imagens, ela constatou que os jovens, durante a sua Educação Básica, não são instruídos a compreender as possibilidades e os significados da comunicação visual. Por isso, o curso propõe uma espécie de alfabetização nesse sentido.

O público-alvo são jovens de 14 a 20 anos, pertencentes à Geração Z, aquela que nasceu sob o advento da internet e do boom tecnológico.

“Os jovens têm a linguagem visual nas mãos, mas não sabem muito bem como utilizá-la”, explica Roberta, que já promoveu o tema em oficinas realizadas no Senac, na Unibes, dentro do projeto Códigos Urbanos, e em escolas municipais de São Paulo.

 

Ética e estética

O curso “O Jovem Aparelhado” acontece de 16 de setembro a 28 de outubro, e será ministrado aos sábados, das 10h às 13h. Dividido em seis módulos, ele traz uma série de conteúdos relacionados à ética e à estética das imagens. A programação conta com apresentações dos movimentos estéticos desde o advento da fotografia, de escolas filosóficas que refletem a ideia da representação – como Platão e o Mito das Cavernas –, mas, principalmente, traz o conhecimento sobre a produção visual de hoje: manipulada, que vende um mundo idealizado da realidade.

“O curso vai muito além da técnica fotográfica. Ele é um convite à reflexão. Nele, por exemplo, o aluno irá entender que as imagens são transformadas, que, quando ele vê uma foto de um corpo perfeito ou de uma vida idealizada, aquilo recebeu tantas interferências que já não retrata mais a realidade”, acrescenta Roberta.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site: http://cursos.faap.br/descricao/o-jovem-aparelhado-a-fotografia-na-era-das-redes/705#tab-1

 

O Jovem Aparelhado: a fotografia na era das redes

CARGA HORRIA: 18 horas

PERÍODO: 16 de setembro a 28 de outubro/2017

DIAS DA SEMANA: Sábados

HORRIO: 10h –13h

CAMPUS: São Paulo – Sede (R. Alagoas,903, Higienópolis).

INVESTIMENTO TOTAL:

Público externo: 5 parcelas de R$166,00

Aluno, Ex-Aluno, Funcionário e Professor: 5 parcelas de R$149,40

INSCRIÇÕES:http://cursos.faap.br/descricao/o-jovem-aparelhado-a-fotografia-na-era-das-redes/705#tab-1

OBJETIVO:

Desenvolver e capacitar a visualidade dos jovens a partir dos conceitos de estética e comunicação digital, aprimorando seu repertório visual. Apresentar ao jovem o percurso estético dos movimentos artísticos a partir do advento da fotografia, incluindo as estéticas digitais, e suas contextualizações na história, politica, sociedade. Qualificar o jovem para produzir, ler e analisar as novas imagens; estas que nascem da relação do estar aparelhado no mundo. Potencializar a comunicação do jovem, apresentando conceitos e projetos criativos que mostram os caminhos para o protagonismo do estar no mundo.

A QUEM SE DESTINA:

Jovens de 15 a 20 anos interessados em fazer e discutir fotografias, e que dispõem de câmera no celular.

METODOLOGIA:

Aulas teóricas e análise de imagens e projetos em aula.

In the news
Carregar Mais