Concorrência da BR Distribuidora entra em sua fase final

Avatar

A BR Distribuidora deve anunciar nos próximos dias a agência vencedora da concorrência para a conta de incentivo da companhia. Quem conquistar o cliente será responsável pelas ações durante os próximos 3 anos. Pelo que pode apurar a reportagem da Revista Live Marketing, participam dessa concorrência oito agências: Aktuelmix, Askme, Banco de Eventos, BFerraz, Promo Eventos, Rock Comunicação, Salero e V3A.

O critério para escolha da agência vencedora está definido em edital e leva em consideração dois aspectos principais: a conquista de no mínimo 80 pontos no critério técnico, associado a quem cobrar o menor percentual de taxa de administração, que não tem um valor mínimo, mas tem o máximo, e não pode ultrapassar 12%.

Essa concorrência tem chamado a atenção do mercado pela importância do cliente e também pelo trabalho desenvolvido pela Associação de Marketing Promocional (Ampro) que orienta seus associados para que haja respeito ao Guia Referencial de Valores (GRV) da entidade. “A Ampro pautada nos princípios de valor da entidade, recomenda às agências e clientes que utilizem o GRV, que é fruto de uma pesquisa extensa realizada no mercado que aponta práticas sustentáveis nas relações. O comitê de relações sustentáveis da Ampro, inclusive, está trabalhando na primeira revisão do material, após o primeiro ano de vigência”, destaca o presidente da Ampro, Wilson Ferreira Jr.

Ele destaca que a Ampro vêm acompanhando essa concorrência de perto. “Já houve comunicação entre a Ampro e a BR Distribuidora acerca desse processo. Reforçamos nossas recomendações.” Inclusive, o GRV da Ampro recomenda que para concorrências com verba acima de R$ 10 milhões, que é o caso, a taxa de administração sobre terceiros seja de 9% em contrato anual e 10% no caso de job.

Wilson lembra que trata-se de uma concorrência aberta ao mercado, uma evolução em relação ao regime anterior, de carta-convite. “O edital aponta todas as informações recomendadas pela Ampro para referenciar as agências em suas propostas e segue parâmetros do GRV, estabelecendo um percentual máximo de honorários dentro das diretrizes que recomendamos. Consideramos uma excelente oportunidade para os empresários maduros do setor mostrarem que podem vencer uma concorrência desse porte com o nível técnico de suas propostas e taxas de honorários competitivas. Vai da consciência de cada líder de agência balizar o que faz sentido para seu negócio e a cadeia de valor envolvida”, finaliza.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

In the news
Carregar Mais