Cenário econômico muda a maneira de viajar do turista de negócios

Avatar

Para continuar atraindo o público para as grandes feiras e eventos,na cidade de São Paulo, a Must Tour aposta no sistema de caravanas

Nos últimos tempos, os temas “redução de custos” e “criatividade” estão entre as principais pautas das empresas, que precisam se readequar ao novo cenário econômico brasileiro, mas sem perder a qualidade de seus serviços. E é isto que a Must Tour – operadora de viagem de turismo de negócios – tem aplicado em seus negócios. A estratégia adotada pela empresa para diminuir as despesas de participação dos visitantes e, consequentemente, continuar atraindo e recepcionando o turista de negócios é o sistema de caravanas, em eventos com distância entre 450 e 500 km.

“Para isso, criamos uma rede de organizadores de caravanas, em diversas cidades, para customizar a operação de acordo com a necessidade de cada cliente. E o resultado foi imediato. Em menos de 12 meses, aumentamos as nossas vendas para o público nas feiras em 45%”, declara Mario Simonato, diretor da Must Tour. “Além disso, a estratégia foi tão bem recebida que os próprios organizadores de eventos estão nos contratando para subsidiar, parcialmente ou integralmente, a vinda dos visitantes”, ressalta.

Mais que trazer e recepcionar o turista de negócios, a Must Tour promove experiências diferenciadas e comodidade para as pessoas. Entre as ações estão à entrega das credenciais antecipadamente – evitando transtornos e grandes filas nos pavilhões, alimentação e salas para descompressão – para as pessoas descansarem e iniciarem networking.

Com mais de 27 anos no mercado de turismo corporativo, a Must Tour recepcionou, no primeiro semestre deste ano, mais de sete mil turistas na capital paulista. Atualmente, conta com uma rede com mais de 40 hotéis e uma ampla programação gastronômica e cultural para proporcionar hospitalidade, receber bem e encantar os visitantes. “Estamos sempre inovando e fechando novas parcerias, para que o público seja mais que bem recebido. A nossa missão é que eles se sintam em casa, mesmo não estando em sua cidade natal”, finaliza Simonato.

In the news
Carregar Mais