TOP PEOPLE destaca a importância do repositor

1 de março de 2017
Compartilhar:
topp

Cada vez mais requisitado pelo mercado varejista e atacadista, o profissional para fazer a diferença deve ser bem preparado, treinado e ter uma retaguarda a toda prova

Profissional que realiza o abastecimento de produtos nos pontos de vendas (PDVs), garantindo sua boa exposição. Talvez, esta definição seja a mais comum quando as pessoas se deparam com tais perguntas: quem é e o que faz o repositor? Mas, nem de longe, é a mais completa. Um repositor pode fazer muito mais e ir além, é certo, mas, para tanto, precisa ser preparado, bem treinado e ter uma retaguarda a toda prova. Na TOP PEOPLE, empresa especializada em trade marketing e recrutamento e seleção, dentre outros, de repositores, essas variantes são determinantes.

Seja no varejo ou nos atacadistas de autosserviço – conhecidos no Brasil como atacarejos – é o repositor quem garante a disponibilidade de produtos ao shopper (o decisor), dentro de cada canal em pontos naturais, pontos estratégicos espalhados em loja (como nos chamados cross merchandisings, que conduzem os clientes às compras por impulso) e conforme o perfil do canal. Bem preparado, sabe o melhor momento de positivar paletes inteiros em meio aos corredores com maior fluxo de clientes.

É o repositor, também, que tem todo o cuidado com a mercadoria em seu manuseio e com a rotatividade em função de prazos de validade para que haja um contato visual e de saída do produto de maneira satisfatória à empresa e ao cliente. Para tanto, precisa observar os conceitos técnicos de marketing de acordo com o FIFO (sigla em inglês para first in, first out), que no idioma português quer dizer que o primeiro (produto) a entrar no armazém deve ser também o primeiro a sair, com o objetivo de evitar a perda por vencimento da mercadoria.

Levando em conta a importância deste profissional para o mercado, quais devem ser seus diferenciais e como deve ser para se sair bem na função? Como especialista no assunto, a TOP PEOPLE dá algumas dicas:

Ter capacidade de absorção e conhecimento das informações e coletas dos PDVs;
Dominar a organização logística;
Conhecer as melhores práticas e exposições;
Praticar bom relacionamento para manutenção e aumento dos espaços (share) e conquista de pontos extras;
Reportar as informações em tempo hábil aos tomadores de decisões e responsáveis pela gestão, filtro, análise e repasse de informações aos contratantes (marcas);
Fazer uso adequado das ferramentas de trabalho disponibilizadas para realização das tarefas (coletas de imagens e informações dos PDVs);
Seguir as diretrizes da empresa empregadora em seu ambiente de trabalho, que variam muito por canais e bandeiras a serem atendidas, sempre contribuindo com ideias para melhorias contínuas dos processos, estabelecendo relações baseadas na cooperação e no bom relacionamento.

Marcos Lancellotti, coordenador de atendimento e trade marketing da TOP PEOPLE, reforça que um excelente repositor, na prática, organiza os produtos no depósito para otimizar tempo no momento da reposição, está sempre atento às datas de validade para evitar devolução, expõe os produtos de maneira que facilite o manuseio destes pelo consumidor, reporta as informações com agilidade a todos os envolvidos no processo e, principalmente, identifica características, possibilidades e limites na área de atuação, gerando melhorias e boas práticas cotidianas:

“O melhor repositor tem na capacidade de relacionamento a conquista do necessário para desempenhar de maneira satisfatória sua função, o que inclui liderança e multiplicação de conhecimento para toda equipe, criando um padrão logístico e de exposição diferenciada nos PDVs. Não por outro motivo, na TOP PEOPLE o repositor é tratado como peça chave e, por isso, nosso empenho em prepará-lo para ser não apenas fundamental, mas indispensável. Fazemos esse trabalho com muita competência e o retorno aparece em forma de crescimento e expansão dos nossos negócios nas mais diversas praças do Brasil”, finaliza Lancellotti.